Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

find equilibrium



Quarta-feira, 08.02.17

pedir com jeitinho?

Porque carga de água, temos que pedir com jeitinho? E não porquê com jeito? Ou simplesmente pedir?

Não devemos pedir, perguntar ou tomar uma atitude consoante o nosso ser? O ser humano foi feito para agradar, para qualquer coisa. Sem agradar, é visto com outros olhos, é arrogante, dono do seu nariz, mal encarado...mas nunca pode ser como o é, senão caldo entornado e a resposta é NÃO.

Um indivíduo está numa fila de supermercado, tem à sua frente um outro indivíduo com 20 produtos para pagar e o primeiro indivíduo tem apenas 3 produtos. Tem pressa mas tem medo de perguntar se pode passar à frente, porque tem 3 produtos. Deixa o medo para trás e pede com jeitinho, cara de coitadinho...e porque não o indivíduo com 20 produtos não deixa passar para fazer o favor ao senhor? Há situações assim, e agradeço ao mundo que haja muitas assim no mundo, flexiveis. 

Um segundo caso, acontece quase (ou praticamente em todos os relacionamentos) sempre entre casais. O pedir com jeitinho para ver o futebol, ir às compras, ir com os amigos beber um copo ou ir ao jantar de família dos pais é uma coisa que me atormenta. Há dias que não estamos para aí virados, queremos estar no nosso canto só a respirar e piscar os olhos. Mas, fazer esse tipo de pedidos, põe em causa indiretamente, um bom funcionamento numa relação, amorosa, casamento ou até de amizade. Se fazemos e abdicamos e algo para acompanhar ou fazer uma coisa diferente na nossa rotina, que implica a nossa companhia, é porque realmente gostamos da pessoa e não causará transtorno algum em fazer qualquer coisa, seja acompanhar o futebol com o marido ou ir às compras com a mulher. 

Temos que ser justos - a vida é cheia de injustiças mas podemos evitá-las (um dos meus lemas) - não acho correto pedir com "jeitinho", é parvo. o "por favor" é muito mais simples e educado e não fazemos figura de coitadinhos porque não há necessidade do ser humano fazer-se de vítima. Contornar a situação e sermos corretos com as pessoas e connosco, primeiro nós!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por liz collingwood às 16:10

liz collingwood © 2011-2016
Design by Sacha Hart
The Design Project


1 comentário

De Kikas a 08.02.2017 às 22:43

Absolutamente de acordo, às vezes até parece que temos que fazer uma vénia para não parecer mal, por favor!!

Comentar post