Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

find equilibrium



Segunda-feira, 13.02.17

não brinquemos com a auto estima

Quando como chocolate ou uma refeição mais calorica e me chamam gorda ou "5 minutos na boca, uma vida nas ancas". 

Apetece deixar de comer logo de emediato. Porque tenho tendência para engordar - mas até consigo recuperar alguma coisa - e nunca serei super fitness porque estraguei-me quando tive 15 anos e para recuperar, é uma vida ou é bastante dificil de combatê-la. Até "Liz pára de comer" ouvia constantemente. Foi um pico da minha adolescência e das hormonas. Estraguei-me completamente para o resto da minha vida.

E isto é veridico, é muito fácil dizer que volta-se ao normal mas quando nosso corpo já tenha mudado há muito tempo, teremos que viver para sempre, mentalizar-nos que vai manter-se ali e pronto.

Como o ginásio perdi um volume consideravelmene bonito, as minhas pernas ficaram bem formadas mas uma coisa que sempre ficou foi a celulite. Se me permitem escolher, preferia viver com estrias do que celulite. 

A minha vida em ginásios está em total stand-by porque preciso de arranjar uma casa no Porto mas puder ter tempo para ir ao ginásio, uma vez que chego à minha cidade onde moro às 20h15. Se posso fazer sacrificios? Posso. Mas se quero? Sim, aceito. Mas a partir dessa altura, se tomar essa atitude, verão a minha disposição para aturar pessoas é zero, andarei sempre cansada, de rastos e o meu aproveitamento no meu trabalho será baixinho. E para arrancar, tenho que estar apta e habituada a esta rotina. O meu organismo habitua-se mas precisa de tempo.

Eu já lutei com o meu psicologico anos seguidos para não fazer nenhuma asneira ou atitude drástica perante a minha péssima auto estima que está em atual construção. Não culpo as recaídas e as palavras bobas que saem da minha minha boca, mas peço, que nunca brinquem com a minha ou outro auto estima qualquer. Não saberão a história que vem de trás.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por liz collingwood às 15:00

liz collingwood © 2011-2016
Design by Sacha Hart
The Design Project


2 comentários

De Chic'Ana a 13.02.2017 às 15:06

Tem de ser aos pouquinhos, sem desistir, sem baixar os braços!
Um beijinho

De Melhor Amiga Procura-se a 14.02.2017 às 14:46

Ás vezes um simples palavra magoa mais o que posso imaginar... Mas olha eu sempre fui magra e tenho muita celulite...

Comentar post