Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

find equilibrium



Quinta-feira, 25.08.16

entrevista com...

tumblr_lz6djbYRjk1qzmrwlo1_1280.png

A primeira contemplada foi a Sacha Hart. Foi uma das primeiras a aceitar e a primeira a receber o e-mail com as perguntas. Fiquei muito contente e a ideia está ir a avante com bom feedback. 

Vamos começar!

- Faz uma pequena introdução
Poucos me conhecem por Sara para estes lados, mas não faz mal porque Sacha Hart é tão eu como o nome que vigora na minha certidão de nascimento. A mesma analogia para a pessoa que sou e a blogger que conhecem - uma e outra, a mesma mas diferentes. 
 
- Fala de ti e do teu blog.
Sou uma miúda citadina com um fraquinho por livros, séries e tudo o que envolva criatividade e expandir os horizontes. Simplicidade pode muito bem ser o meu lema de vida. Sou tão transparente que, se lerem o meu blog, saberão como sou. Está repleto de posts instantâneos sobre tudo aquilo que me passa pela cabeça e sinto necessidade de transcrever no mundo do sapinho. O Rebel Yell é um espelho daquilo que penso e vejo, mas sobretudo é um portal para os meus sonhos e objectivos. 

- O que achas do feedback de outros bloggers?
Já lá vão vários anos desde que mantenho o Rebel Yell e o feedback é tão positivo como o era no inicio. Há sempre leitores que nos enchem o coração e dão motivação para escrever um post mais. Sempre fui encorajada a entregar parte de mim ao blog e em parte deve-se completamente ao apoio que recebo dos outros bloggers. 

- A tua vida poderá ter mudado um bocadinho por teres o blog? Se sim, como?
Se mudou! Ter um blog fez-me repensar muitos aspectos da minha vida sobre os quais reflecti e escrevi nele. Incentivou mudanças. Além disso, criou paixões, como o webdesign, que alterou imenso a minha rotina "online" e criou em mim o bichinho de aprender mais e mais coisas.  O blog também me trouxe amizades e sem elas a minha vida não seria a mesma. 

-  Algum projecto, para além do The Design Project, ou objetivo com o teu blog?
Nunca houve nenhum até cerca de fins do ano passado. O meu blog era somente pessoal e uma miscelânea de coisas sem propósito algum. Agora quero torná-lo não só num testemunho das minhas vivências, mas num sítio com o qual outros bloggers e leitores se possam relacionar e informar (sobretudo em temas como viagens).  

- O quê que odeias em falhar enquanto blogger e mesmo enquanto pessoa?
Falhar envolve uma série de coisas. Para mim o pior seria mesmo desapontar aqueles que seguem o meu blog ou acreditam nele. Sempre que me ausento por um longo período ou deixo de escrever post dos quais me orgulhe, falho. Na minha vida é o mesmo. Desapontar-me a mim própria, assim como àqueles que acreditam em mim, é falhar. 

- O teu The Design Project tem corrido bem? Têm bom feedback? Mesmo em relação a remuneração, as tuas ideias? Consegues sempre alcançar os pedidos?
Não sabia o que esperar quando lancei este projecto e desde o inicio houve quem se opusesse. Mas, felizmente, o feedback positivo era mais frequente e mais importante. O objectivo nunca foi fazer muito dinheiro (para além que não dava) mas ajudar-me a concretizar algo que quero desde há muito tempo: fazer um workshop em CSS/HTML.  
Adoro customizar blogs e já mudei o rosto de alguns com este projecto. Cada projecto de renovação é um desafio e têm sido todos cumpridos, o que me deixa sempre super contente. Devido à minha falta de formação há certas limitações até ao que posso fazer mas felizmente não foram um entrava para que pudesse entregar o "visual dos sonhos" das bloggers que assim mo idealizam. O objectivo final é agradar à bloggers e se estiverem felizes com o resultado então eu fico feliz com o resultado. 

- Diz apenas um lado bom do mundo dos blogs. 
Companheirismo. Tremendo e belo, insubstituível. 

- O que não dispensas num blog?
Um visual apelativo, claro! Mas não me quero pôr aqui a falar dos componentes que acho indispensáveis existir num blog. Fora estas coisas de embelezamento, o que não dispenso num blog é uma introdução/apresentação de quem o escreve. 

- Sei que gostas imenso de fotografia. O que te inspira?
Oh, pergunta complicada! Inspira-me aquilo que é vida, que apela às emoções. Não só o que é bonito mas também aquilo que é humano. Aventura. Tenho uma preferência por fotografias de locais, sobretudo da natureza crua. Tudo o que seja partir em busca do mundo dá uma bela fotografia.  

- O que esperas futuramente no mundo dos blogs?
Da blogosfera espero uma maior abertura no diálogo e diversidade dos temas que muitos bloggers abordam (acho que neste momento a blogsfera portuguesa tem muito do mesmo)
Da minha parte espero contribuir para o objectivo anterior e conseguir criar a "personalidade" do meu blog, de modo a que toda a gente que leia o Rebel Yell saiba que deixei ali a minha marca. 

 

 Gostei muito de entrevistar a Sacha e espero que tenham todos gostado da primeira entrevista!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por liz collingwood às 13:35

liz collingwood © 2011-2016
Design by Sacha Hart
The Design Project


1 comentário

De Sara a 26.08.2016 às 22:32

Sim, vou a um evento de youtubers dia 3/4!
E devo ficar até dia 5 ou 6. É pouco mas deve dar :)

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.