Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

find equilibrium



Sexta-feira, 13.01.17

A lua tem insónias

Oh noite não sei o que faço contigo. Gosto tanto de ti, gosto da tua calmaria. Todos dependem de ti para desligar do mundo por instante, mas eu gosto por me inspirares. Abraças-me com o teu céu azul escuro, onde todas as estrelas se transformam em belos pontos de desejos nunca antes guardados entre beijos e segredos.
Abro os meus sussurros contigo, despejo sonhos e lagrimas à espera de um novo dia. Escorre-me medos e inseguranças pelo rosto enquanto tu noite, ficas a olhar para mim.
Ficaria sempre contigo, onde pudesse explodir toda a minha ansiedade que me afoga todo o momento, nos meus pensamentos mais profundos e assustadores. Ficaria sempre contigo, no fundo para poder dormir, desligar, mergulhar num abraço entre as tuas estrelas.
Sou uma lua cheia na qual continuo a brilhar mas o meu ser está vazio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por liz collingwood às 16:02

liz collingwood © 2011-2016
Design by Sacha Hart
The Design Project


4 comentários

De Maria Amélia a 16.01.2017 às 13:43

Também adoro a noite e se for noite de luar...fantástico *-*

De liz collingwood a 17.01.2017 às 15:11

ainda bem que gostas. mas parece que não cheguei com o texto onde queria chegar...o texto fala da noite como um refugio mas triste.

De twilight_pr a 16.01.2017 às 21:40

É mesmo *--* eu adoro-os!
Já li o segundo xD li também ontem porque não consegui deixar os livros :D amei!

Beijinhos :-*

De Melhor Amiga Procura-se a 18.01.2017 às 10:45

Acho que também sou um bocado assim, mas como tu dizes, todos dependem de ti...

Comentar post