Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

find equilibrium



Quarta-feira, 07.09.16

os filmes e os seus finais #spoiler alert

No sábado cheguei cedo a casa. Corri logo para o sofá, liguei a televisão e deixei-me ficar no "Eu, o Earl e tal miúda", filmes de adolescentes como previa.

Estava tudo a correr bem, finalistas do secundário, típicos alunos que não tinham grandes relações com outros colegas, Greg e Earl eram amigos/companheiros de vídeos caseiros e paródias de filmes clássicos. Até que, a mãe de Greg insiste que o rapaz vá passar algumas horas com uma rapariga, Rachel, a tal miuda doente de cancro. Parou tudo!!! Greg que nem era de relações, foi obrigado a conviver com uma rapariga que por acaso tem cancro, a história rola toda aí. Nada contra, até porque eles começam a dar-se bem, bastante bem. 

O filme rola muito entre a relação deles, conversas parvas, experiências giras, o Earl acaba também por entrar em cena na vida de Rachel. Pois bem, chegou a altura que Rachel teve que adoecer ainda mais para tornar o filme mais dramático e sem pensar num final feliz. Como "prenda", uma amiga da Rachel pediu a Greg e a Earl para lhe fazer um filme - não vou contar mais, senão tenho o pessoal apontar-me uma arma de spoilers que é uma coisa doida. 

Já perceberam que teve o mesmo final que "A Culpa é das Estrelas", morre sempre alguém e a esperança desvanece. Resumi em «mais um filme com final triste, porra». Os filmes, que deveriam ter uma pitada de final feliz, que tudo é possível, uma reabilitação extraordinária e de alguma maneira coloca as personagens bem de saúde, não...PUUUFFF piora cada vez mais e vai para os anjinhos.

Eu choro e arrepio-me com filmes assim. Está ao alcance de toda a gente mas gostava que inventassem filmes com doentes oncológicos que tivessem um final feliz. Sem choros, remorsos, sem pensar no assunto durante uma hora. E a mim durou-me 5 dias. Confesso, o filme é adorável mas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por liz collingwood às 23:45

liz collingwood © 2011-2016
Design by Sacha Hart
The Design Project


2 comentários

De twilight_pr a 08.09.2016 às 21:55

Deve ser um filme e tanto, chorei tanto com a Hanzel e o Augustus que ainda não sei se tenho estofo para outro </3 assim.. Beijinhos grandes*

De jules emerson. a 09.09.2016 às 16:50

Ainda não vi o "Eu, o Earl e a tal miúda" precisamente pelo final e porque sei que vou chorar tal como no "A culpa é das estrelas". Se soubesse que ia ter um final feliz talvez me motivasse mais a ver... mas ainda pode ser que o veja um dia. :)

Comentar post



liz collingwood

Liz, 24 anos, entre Porto e Aveiro. Encontro-me noutra casa!