Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

find equilibrium



Segunda-feira, 09.01.17

livros adquiridos

As minhas leituras ficaram retidas na alfandega do meu trabalho. Porém, posso retomar sem qualquer desculpa. O P.S Ainda te amo está à espera de ser lido desde agosto, o que é uma vergonha para mim. Mas quando pegar nele, vai ser para devor-lo!

No entanto, a estante é para ser ocupada e pedi no Natal este "Os meus problemas" porque achei engraçado quando peguei nele, abri-o uma página qualquer e falava da felicidade. Topei logo a dica, Miguel Esteves Cardoso conquistou-me. Já tinha feito isso com o Amor é fodido, livro pesadão por sinal. 

 

SINOPSE

«Não se pode ter muitos amigos. Mesmo que se queira, mesmo que se conheçam pessoas de quem apetece ser amiga, não se pode ter muitos amigos. Ou melhor: nunca se pode ser bom amigo de muitas pessoas.
Os amigos, como acontece com os amantes, têm de ser escolhidos. Pode custar-nos não ter tempo nem vida para se ser amigo de alguém de quem se gosta, mas esse é um dos custos da amizade. O que é bom sai caro.»

Mas nunca é demais, recebi um outro, A rapariga do comboio, já tinha comprado. Fui trocar no Continente mas a escolha era tão mas tão pouca e pobre que trouxe A rapariga na cidade, achei interessante o título. Para o meu espanto fala sobre sonhos e carreira, fase em que estou um pouco "perdida", e ainda fala de comida!! A meu ver, será um livro delicioso. 

SINOPSE

«Olivia Rawlings tem um sonho: ter uma carreira de sucesso na cidade de Boston. Mas ao incendiar inadvertidamente a cozinha de um clube seleto, a jovem chef de pastelaria destrói também quaisquer hipóteses de ver o seu sonho realizado. Resta-lhe virar costas a tudo e fugir. E foge para o mais improvável dos lugares: uma terriola que mal aparece nos mapas e é o oposto da sua cidade cosmopolita e excitante. A vida rural e as suas tradições "tacanhas"- napperons em croché, bailes e feiras do condado - não são para ela. Por outro lado, sabe que tão cedo não pode regressar a casa…

E quando surge a oportunidade de trabalhar numa pequena pousada, Olivia não fica propriamente encantada. É contrariada que mergulha de cabeça numa nova vida. Uma vida que inclui tartes de maçã, contradanças… e o desesperante Martin McCracken, que, como Olivia, só quer que o deixem em paz. Mas a chegada de um forasteiro vai obriga-la a repensar todas as suas escolhas. Vai fugir novamente aos problemas ou criar raízes? Será que foi preciso fugir para tão longe de casa para finalmente encontrar um lar?

  Uma história que mostra o quão enganadores podem ser os nossos sonhos. Vívido, doce, aromático, este romance gastronómico saboreia-se como uma iguaria… E deixa-nos a ansiar por mais. Uma estreia absolutamente imperdível!»

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por liz collingwood às 21:38

liz collingwood © 2011-2016
Design by Sacha Hart
The Design Project


8 comentários

De omeumaiorsonho a 09.01.2017 às 22:01

Bons livrinhos!!
Agora não ando a ler nada mas a rapariga da cidade deve ser fantástico!!

De liz collingwood a 12.01.2017 às 00:45

ainda vou demorar a ler mas acho que aconselho :)

De jules emerson. a 09.01.2017 às 23:37

"A rapariga da cidade" parece ser bastante giro, depois quando tiveres lido diz o que achaste :)
Beijinhos e boas leituras :p

De liz collingwood a 12.01.2017 às 00:46

Vai demorar mas faço um post, não te preocupes :) beijinhos grande!

De Melhor Amiga Procura-se a 10.01.2017 às 09:26

O segundo deixou-me curiosa

De Chic'Ana a 10.01.2017 às 11:04

Não li nenhum dos dois ainda, mas fiquei curiosa! =)
Beijinhos

De liz collingwood a 12.01.2017 às 00:47

Experimenta Miguel Esteves Cardoso :)

De Sofia Silva a 10.01.2017 às 14:44

Olá,
Não conhecia os livros mas fiquei curiosa com A Rapariga da Cidade.
Um beijinho,
Sofia

Comentar post



liz collingwood

Liz, 24 anos, entre Porto e Aveiro. Encontro-me noutra casa!