Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

find equilibrium



Terça-feira, 18.04.17

dieta paleolítica

Existem inumeras dietas, regras excessivas, passar fome, comer o mínimo, em que muitos casos, somos obrigados a desfazer essa dieta porque o nosso nível psicologico não aguentam. Podemos dizer que "é tudo psicológico", mas sempre aprendi na escola, para ter saúde e pela OMS "saúde é para além de ter ausencia de doença, representa uma situação de bem estar fisico, psiquico e social". Se algo não estiver bem, o nosso organismo, o nosso bem estar está incompleto.

Resultado de imagem para dieta paleo

Nesta dieta, que não considero dieta mas sim, uma nova rotina ou opção da nossa vida alimentar. Tornou-se conhecida graças ao cientista americano Loren Cordain, especializado em Nutrição e fundador do movimento Paleo. O nosso doutor Manuel Pinto Coelho, escritor de "Chegar Novo a Velho", especializado nas áreas de anti envelhecimento, obesidade, calvície e doenças auto imunes, seguidor da dieta paleo. 

No ponto de vista nutricional desta dieta, inclui tudo que seja carne, peixe e marisco, legumes e fruta. Não entra nada que seja comida industrializada, refinados e óleos polinsaturados.  

O que comer:

Carnes - de preferência de pasto, sem ser alimentados por ração

Peixe e frutos do mar 

Frutas frescas

Legumes frescos

Ovos

Nozes e sementes

Óleos saudáveis (azeite, coco, macadâmia)

 O que não deve comer:

Leite e derivados

Cereais: trigo, milho, arroz (não esquecer que a massa é feita de trigo)

Leguminosas: feijões, grão, amendoins

Legumes amiláceos: batata, inhame

Alimentos com sal, carnes gordas e curadas

Acúçar

 

É rica em proteínas, fibras (excelentes aliados na atividade física), grande quantidade de ácidos gordos e ómega 3, tem imensas vitaminas, minerais e antioxidantes e zero de hidratos de carbono e alto índice glicémico.

Dicas/refeições:

Pequeno almoço - bebida de amendoa, arroz, aveia ou coco + 1 ou 2 ovos cozidos + meio abacate + frutos vermelhos + café ou chá verde sem açucar 

paqueca de banana e chia + frutos vermelhos + - bebida de arroz

Almoço - proteina (carne ou peixe) + legumes salteados em azeite + ovos

proteina + massa de arroz + legumes chineses

Jantar - proteina + batata doce + legumes

proteina + tortilha de couve flor + ovos 

Lanches - iogurte de coco + frutos secos

fruta cortada + frutos secos

banana + canela 

 

O nosso organismo foi habituado a comer hidratos de carbono, por isso aconselho o desmame. Sem querer, consegue-se perder quilos sem dar conta. Experimentem durante um mês para ver resultados! Com esta dieta, o nosso corpo fica livre que coisas desnecessárias e agradece interior e exteriormente. 

NOTA: Uma leitora e seguidora, entre ambas, a Margot explicou porque, mais detalhadamente e não pude deixar passar em branco. Foi um aviso para a proxima que falar em dietas e preocupar-me realmente com as pessoas que possam cair no erro de atirarem-se às dietas sem pensar.

"Essa dieta tem realmente a fase do desmame, uma vez que não podemos comer os hidratos de carbono, fonte principal de alimento do nosso cérebro (porque estamos habituados). Portanto, não é recomendável começar a fazer esta dieta numa altura em que precisamos de estudar mais, ou de mais concentração e trabalho, porque o nosso cérebro vai ter uma quebra de energia muito grande, até que se habitue à nova dieta. Achei importante relatar isto, porque existem inúmeras pessoas que seguem dietas sem primeiro realizarem uma pesquisa profunda. E eu conheço pessoas que adotaram essa dieta e segui todos os procedimentos e realmente vi o quão degradado o nosso cérebro fica na fase da adaptação. Cuidado!"

Autoria e outros dados (tags, etc)

por liz collingwood às 12:10

liz collingwood © 2011-2016
Design by Sacha Hart
The Design Project


4 comentários

De Melhor Amiga Procura-se a 18.04.2017 às 17:11

O processo de desmame é importante...

De Margot a 18.04.2017 às 21:42

Essa dieta tem realmente a fase do desmame, uma vez que não podemos comer os hidratos de carbono, fonte principal de alimento do nosso cérebro (porque estamos habituados). Portanto, não é recomendável começar a fazer esta dieta numa altura em que precisamos de estudar mais, ou de mais concentração e trabalho, porque o nosso cérebro vai ter uma quebra de energia muito grande, até que se habitue à nova dieta. Achei importante relatar isto, porque existem inúmeras pessoas que seguem dietas sem primeiro realizarem uma pesquisa profunda. E eu conheço pessoas que adotaram essa dieta e segui todos os procedimentos e realmente vi o quão degradado o nosso cérebro fica na fase da adaptação. Cuidado! Se calhar seria importante mencionar isso no teu post ou assim, para o caso de alguém se entusiasmar com a parte "consegue-se perder quilos sem dar conta" e comece logo a dieta sem cuidados. :)

De liz collingwood a 19.04.2017 às 09:08

concordo plenamente! obrigada por mencionares e explicares, vou colocar no post tudo o que disseste, a negrito :) sabendo o que explicaste, mencionei a fase do desmame, ser devagarinho porque lá está, estamos habituados à energia dos hidratos de carbono! obrigada mesmo :)

De Chic'Ana a 19.04.2017 às 11:18

É uma transição que pode ser bastante complicada, não pode ser encarada de ânimo leve e há que medir as consequências e se estamos ou não preparados para lidar com elas..
Beijinhos

Comentar post



liz collingwood

Liz, 24 anos, entre Porto e Aveiro. Encontro-me noutra casa!